PREFEITURA ABRE CONCURSO PARA 165 VAGAS

postado em: Notícias | 0

Todos os anos está na pauta da data base do Sisemcam: a necessidade de realização de um novo concurso público para servidores efetivos. Depois de nove anos, finalmente saiu o edital.

A Prefeitura Municipal de Camboriú está com concurso público aberto para provimento de 165 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva para diversos cargos em todos os níveis de escolaridade.As remunerações variam de R$ 1.112,16 a R$ 4.600,00.

As vagas disponíveis são para cargos nas áreas de Saúde (29), Educação (57), dentre outros específicos, como: Advogado (2), Assistente Social (1), Auditor (1), Contador (2), Engenheiro (3), Geólogo (1), Agente de Proteção de Defesa Civil (2), Auxiliar Administrativo (5), Fiscal (3), Técnico em Agropecuária (1), Técnico em Contabilidade (1), Auxiliar de Cozinha (1), Auxiliar de Serviços Gerais (5), Calceteiro (3), Cozinheiro (1), Eletricista (1), Encanador (1), Gari (10), Mecânico (1), Motorista (10), Operador de Escavadeira Hidráulica (1), Operador de Micro Trator (1), Operador de Motoniveladora (1), Operador de Pá Carregadeira (1), Operador de Retroescavadeira (1), Operador de Trator Agrícola (1), Operador Braçal (15), Pedreiro (1), Pintor (1) e Telefonista (1).

O concurso será realizado pela FURB – Fundação Universidade Regional de Blumenau e será admitida inscrição, via internet, no período de 19/07/2022 a 18/08/2022. As taxas de inscrição variam de R$ 60,00 a R$ 120,00. A aplicação da prova objetiva está prevista para 04/09/2022.

EFETIVOS QUE QUISEREM CONCORRER NÃO PERDEM ANOS TRABALHADOS

De acordo com o advogado do Sisemcam, Éliton Debacker, os anos contarão sim para o novo cargo em que o servidor for aprovado, porém, o servidor terá que trabalhar pelo menos cinco anos no novo cargo para pedir a aposentadoria. Outro ponto é que o Servidor não perderá os triênios já adquiridos no cargo anterior.

Segundo Debacker, outra informação importante é sobre se manter no serviço público “ao assumir novo cargo não  o funcionário público não perde o cargo anterior, assim, se por acaso não passar no estágio probatório , será reconduzido à função anteriormente ocupada”, completa.

Para a presidente em exercício do Sisemcam, Angelita Ferreira da Silva, é uma solicitação antiga que felizmente foi atendida ” Temos uma onda de desemprego. Além disso, pra fortalecer o funcionalismo é necessário renovar os quadros constantemente”, finaliza.

ACESSE AQUI: https://camboriu.sc.gov.br/…/edital-concurso-publico…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 18 =